FANDOM


Luiz Fernando Ávila

Luiz Fernando Ávila é atualmente o editor-chefe do Jornal Hoje. Luiz Ávila foi editor-chefe adjunto do Jornal Nacional, e editor de telejornais da Globo em Minas Gerais, São Paulo e Brasília.

História Editar

Mineiro, natural de Patrocínio, Luiz Fernando Ávila nasceu no dia 31 de outubro de 1959. Gosta de futebol, é atleticano. Filho de Maria das Dores Ávila do Nascimento, uma dona de casa, e do bancário Dácio Alves do Nascimento. Acompanha de perto o desempenho do seu time, o Atlético-MG. Mas foi longe de Minas Gerais que ele escreveu as primeiras linhas como jornalista, na mídia impressa. Ávila estudou ciências sociais no Paraná e se mudou para o interior de São Paulo, em 1983, para trabalhar como repórter. Até 1986, fazia matérias para o pequeno jornal O Imparcial, de Presidente Prudente, também atuando como correspondente para os dois principais diários do estado: a Folha de S. Paulo e o Estado de S. Paulo.

Carreira Editar

Em 1986, Luiz Ávila resolveu tentar algo novo. Fez o primeiro contato com o telejornalismo trabalhando como pauteiro na Rede Globo do Oeste Paulista, que tinha sede em Bauru, com praças em Presidente Prudente e Marília. Logo virou chefe do escritório de sua cidade e, pouco tempo depois, voltou a Minas Gerais para ser chefe de reportagem da Globo BH. Lá, ficou por três anos, até 1989. Enquanto o Brasil elegia seu primeiro Presidente da República por voto direto, após duas décadas de ditadura militar, Ávila deixava temporariamente a Globo para trabalhar como editor de Economia e Política na TV Bandeirantes, em Brasília. De lá acompanhou o primeiro escândalo político do recente regime democrático, que culminou no impeachment de Fernando Collor de Mello. Em 1992, foi para o SBT e, em 1995, para a Record, onde não ficou muito tempo, já que recebeu um convite irrecusável. Naquela época, Evandro Carlos de Andrade tinha assumido a Central Globo de Jornalismo. Durante as mudanças na área, Ávila foi chamado para assumir o cargo de chefe de reportagem de rede, em Brasília. A convite do amigo Amauri Soares, na época, o editor-chefe do Jornal Nacional, ele se tornou chefe de produção deste noticiário, em 1996. Em pouco tempo passou a editor de Política. Ao lado de Alexandre Arrabal, realizou a primeira pesquisa eleitoral com cenário virtual da Globo. Também foi responsável por fechar todos os Bocas de Urna já exibidos na Globo. Exibido aos domingos em dias de eleições relevantes, o programa começa quando as seções eleitorais encerram suas atividades e mostra o resultado das pesquisas de Boca de Urna feitas pelo Ibope. Luiz Ávila também foi coordenador do Jornal Nacional em São Paulo, cidade em que “as coisas acontecem”, segundo ele. Permaneceu por lá durante cerca de três anos, passando a ser editor-executivo do Jornal da Globo (e chefe interino por alguns meses). No final da década de 1990, o jornalista voltou para Minas Gerais, e tornou-se o chefe de redação na Globo Minas, juntando épocas com a editoria do Jornal Nacional no Rio de Janeiro.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória